Quase 100 pessoas ficam desempregadas após demissão de fábrica em Boa Viagem

 A crise econômica, causada pela paralisação de atividades devido a pandemia do coronavírus atingiu em cheio o setor de produção  de calçados no município que empregava mais de 100 pessoas. ⁣

Cerca de 98 pessoas foram demitidas após a empresa Terra Quente anunciar a paralisação das atividades em um galpão cedido pela prefeitura municipal no bairro Floresta.

CRISE⁣

No início  da pandemia no mês abril, o contrato de funcionários foi suspenso por 60 dias, com prazo para retorno das atividades nesta sexta-feira (05). Por falta de matéria prima para a confecção de calçados a empresa decidiu baixar as portas no município de Boa Viagem e concentrar parte dos serviços em Senador Pompeu, todos os funcionários foram informados da demissão. A crise econômica causada pela paralisação, dificultou negociações com empresas do setor calçadista e queda das receitas, impossibilitando o mantimento do quadro de funcionários. ⁣

REABERTURA ⁣

De acordo com informações, a empresa pretende reabrir a fábrica em um outro momento, a concessão do galpão disponibilizado pela prefeitura continua dentro do prazo. ⁣

PORTAL SERT NEWS 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *