Família divulga que o Jovem médico encontra-se vivo em um leito de UTI no Pará e pede orações

Aesperança reacende com a informação divulgada nesta quarta-feira (10) pelos familiares do médico Geymyson Harryson, 34 anos, ex-secretário de saúde em Ibaretama, foi anunciada a morte do jovem médico, uma comoção tomou conta das redes sociais e das cidades de Ibaretama, Ibicuitinga e ainda em Quixadá.

Arquivo Pessoal

Uma divulgação precipitada repassada para a imprensa de que o mesmo teria sido declarado morto, sua família 24 horas após as divulgações através das redes sociais também divulga que o mesmo não veio a óbito e sim encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital Regional de Paragominas no Estado do Pará onde o jovem médico trabalha como médico no Programa Mais Médicos.

Trabalha em uma tribo no Para
Geymyson Harryson, 34 anos

Assumiu o desafio de cuidar de pacientes em extremo isolamento demográfico – comunidade indígena. Por vezes ficando mais de 15 dias na tribo indígena. Sendo difícil a divulgação de informações e comunicação com os familiares e amigos conterrâneos.

De acordo com a família, Geymyson apresentou um quadro neurológico grave (ainda em investigação pela equipe médica assistencial); no momento encontra-se na UTI do Hospital Regional sem protocolo de morte encefálica aberta, e sem diagnóstico fechado sobre seu quadro clinico.

A família juntamente com os amigos pede as orações e que o jovem médico consiga se recuperar e voltar a fazer o que mais gosta, salva vidas.

CLEMIO PINTO via CORREIO NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *